sexta-feira, 23 de março de 2012

Se Eu, Me Amar, Saberei Lhe Zelar, Sua Amizade Cativar, e Cultivar!!!

Conheço Dona Tuga,

Uma Velha Tartaruga,

Que Adora Tocar Tuba;



Ensinou-Me A Dieta Da Uva,

E Gostar Do Banho De Chuva,

Chapéu De Couro e Fina Luva;



Ela Vive Sempre Rindo, De Boa.

Apesar De Lenta, Nunca Fica À-toa.

Ao Lado Dela, Nossa!!! O Tempo Voa.



Jamais Foi Vista Com Tramóia;

Nem De Trelelê Mais A Jibóia,

Não Sofre Por Pura Paranóia.



Sempre Aonde Chega, Arrebenta.

Peixe Grande; Essa Moça Enfrenta.

É Da Obra, Todo Tipo De Ferramenta.



Estou Para Ver, Outro Ser, Tão Especial.

Nunca Dá Se Quer, Ouvidos Para O Mal.

Energia É Total, Invejável Seu Super-Astral.



Convivendo Com Tal Vivente, Aprendi:

Precisamos Para Tudo Muito Sorri,

E Até De Nosso Próprio Mau, Ri!!!



Em Nós, Outros Vão Se Espelhando,

Também Eles Irão Se Moldando,

E Esse Mundo; Estaremos Melhorando!!!



Pequena Poetisa-Vana Fraga


Um comentário:

  1. Que lindo!!E foi bom te ver novamente!!!beijos,lindo dia e fds!chica

    ResponderExcluir